Helena trabalha com técnicas artísticas distintas mas parte sempre da fotografia e explora contornos, figuras, instalações, livros de artista onde a encadernação e a materialidade de papéis faz parte de sua pesquisa e processos criativos­­­­­­. O apagamento e o deslocamento de elementos em seus trabalhos é recorrente.

 

O conjunto de obras QuandoNãoVejoMais participou em exposições individuais em Valinhos em 2016 contemplada pelo edital do ProAC Secretaria de Cultura do Estado de SP, e, em 2020 na Casa de Eva em Campinas.

Em 2019, QuandoNãoVejoMais foi exposta com On the Move na PhotoGallery do Art Museum of the Americas em Washigton DC, EUA sob curadoria de Fabian Gonçalvez. Em 2018 e 2019 Participou de exposições coletivas com a série ARquipélagos no Tote Espaço Cultural e Museu de Arte Contemporânea (MACC) ambos em Campinas, SP, sob curadoria de Fabiana Bruno. Em 2017 obras de Raízes Fluídas foram incorporadas para a coleção Joaquim Paiva no Rio de Janeiro, RJ. Participou do Ocupe.Arte, com artistas de Valinhos que fazem exposições coletivas desde 2017. Foi selecionada para o Salão de Arte Contemporânea de Piracicaba em 2015 e ganhou menção honrosa no Salão de Vinhedo, ambos em SP.

 

Participou de orientações, residências e oficinas com vários artistas e curadores como Fabiana Bruno, Eder Chiodetto, Edith Derdyk, Ângela Berlinde, Lucio Boschi, Valentina Abrenavoli entre outros. Em 2018, organizou uma residência artística em fazenda perto de RiberãoPreto SP, com o grupo de artistas e estudos de Sylvia Furegatti. Em 2013, abriu seu ateliê Canto da Foto em Valinhos onde facilita Fotobiografias individuais e em grupo, trabalha com arte e encadernação manual. Em 2010 concluiu a Especialização de Artes Visuais, Multimeios e Educação, na Unicamp. Fez toda formação em encadernação da Escola OVelhoLivreiro e é encadernadora certificada desde 2019. Participa de seminários sobre Constelações Sistêmicas com Stephan Hausner e Juan Garriga e fez cursos sobre 5Leis Biológicas. É natural de São Paulo e vive em Valinhos há 18 anos. Trabalhou durante oito anos com equipamentos de vídeo-cirurgia em centros cirúrgicos no Brasil e nos EUA.